Featured image of post Configuração da VPN da UFSC no Debian 11 Gnome

Configuração da VPN da UFSC no Debian 11 Gnome

Passo a passo para configuração da Rede Virtual Privada da UFSC no sistema operacional Debian 11 com Gnome

O acesso a bases de trabalhos científicos como Web of Science, Scopus e ScienceDirect é essencial para viabilizar o trabalho de revisão bibliográfica de pesquisadores, independentemente de sua área de concentração. Muitas bases importantes limitam consultas a trabalhos por elas indexados a acessos institucionais que podem ser comprovados tanto presencialmente, quando o aluno conecta sua máquina (computador, smartphone ou tablet) a uma das redes da universidade ou quando conecta sua máquina à sua rede doméstica que utiliza a VPN (Rede Privada Virtual) da universidade como “porteiro” que verifica suas credenciais informadas e lhe concede (ou nega) o acesso.

Este tutorial tem o objetivo de auxiliar usuários do sistema operacional Debian (aqui a versão utilizada é 11, ou Bullseye) a configurar a VPN da UFSC em seus computadores. O tutorial também é válido para estudantes de outras universidades que utilizem este sistema operacional, pois a instalação de pacotes é a mesma, o que mudam são as configurações de VPNs de outras universidades.

Passo 1

Instalar o pacote network-manager-pptp-gnome disponível nos repositórios oficiais do Debian (Se você já tiver o pacote instalado em sua máquina, o terminal dará o aviso e basta continuar o tutorial)

1
su

Informe sua senha e digite (ou cole) o comando abaixo:

1
apt-get install network-manager-pptp-gnome

Um novo item foi adicionado ao menu de acesso rápido a configurações do sistema no canto superior direito da interface do sistema operacional.

Passo 2

Para acessar as configurações de rede e criar/editar as configurações da VPN, clique em “Configurações de VPN”.

Captura de tela de menu de acesso rápido a configurações de sistema no Debian 11 Gnome

Na janela aberta a partir do passo anterior, é possível visualizar a lista de VPNs adicionadas e outras configurações de rede. Eu já tenho a VPN da UFSC adicionada, portanto ela já aparece na listagem.

Passo 3

Se você ainda não tiver ela nesta lista, clique no botão de Adicionar (o símbolo de soma) na parte da janela onde estão listadas as VPNs.

Captura de tela da janela de configurações de rede no Debian 11 Gnome

Passo 4

Clique em “Protocolo de Encapsulamento Ponto a Ponto (PPTP)”

Captura de tela da janela de adição de nova VPN no Debian 11 Gnome

Passo 5

Informe as dados de configuração da VPN: nome da VPN, gateway de acesso, nome de usuário e senha.

Captura de tela da janela de configuração de VPN no Debian 11 Gnome

Se você configurou tudo corretamente, a VPN vai ser adicionada à lista de VPNs e você já pode se conectar a ela. Caso não consiga conectar, confira novamente os dados informados na configuração da VPN.

Teste seu acesso

Após configurar a VPN, você pode acessar Periódicos CAPES e selecionar “Lista de Bases” dentro da opção “Acervo” no menu superior da página.

Captura de tela de menu “Acervo” na página inicial do Portal de Periódicos da CAPES

A página de pesquisa de bases é aberta e você pode escolher qual base deseja acessar, digitando o nome dela e clicando no resultado desejado. O redirecionamento pode demorar um pouco já que a base está verificando o seu acesso institucional possibilitado pela rede virtual privada da universidade, neste caso a UFSC.

Captura de tela de pesquisa de bases de dados no Portal de Periódicos da CAPES

Lembrando que desta forma você não precisa fazer login na rede federada cafe para ter acesso às bases.


Foto de capa: Calvin Uy